Sobre Conforto e Felicidade

feliz

Legião urbana já cantou e nós  sabemos  bem disso: O mundo anda tão complicado!

Eu já deixei de assistir noticiário faz tempo. Leio o resumo do dia e já está bom pra mim. É uma enxurrada de desastres, violência e  corrupção. De repente,  parece que tudo aquilo que nós aprendemos em casa de bom, não vale  nada.

Sim, precisamos nos manter informados! Porém  o que vem acontecendo é uma lavagem cerebral deprimente. Não dá pra achar a vida algo bom ou  no mínimo confortável se mantendo nessa sintonia trágica. Prefiro eu mesma buscar e filtrar   as  informações. O que mais me preocupa nisso tudo é que nós sabemos que somos um povo carente de educação e senso crítico. Mas enfim, isso será tema para outro post.

 No batizado do meu filho, participei de uma  missa onde o  padre  José Roberto que conduzia  a celebração disse  algo que se destacou para mim. O batizado foi no dia do Natal e ele falava sobre o nascimento de Jesus. Então  começou a falar sobre  a origem da palavra salvação  : no grego soteria, transmitindo a ideia de cura, redenção, remédio e resgate;no latim salvare, que significa `salvar´, e também de `salus´, que significa ajuda ou saúde. https://pt.wikipedia.org/wiki/Salva%C3%A7%C3%A3o.

Ele muito sabiamente fez uma relação desta salvação anunciada pelo nascimento de Jesus ao sentimento de conforto, e a  saúde que nós devemos buscar para nós mesmos. Como disse Schopenhauer “( a natureza sempre faz o melhor, mas alguma coisa depende de nós)”.*

Comecei a pensar sobre esta  “salvação” que nós podemos promover em nós mesmos, fazendo o possível para estarmos confortáveis, curados e consequentemente felizes.
Esse conforto  diz respeito aquela sensação de saúde física e mental, autoconhecimento, conforto emocional. Posso tomar como exemplos algumas situações:
-Quando você acorda com calma, após uma boa noite de sono, olha ao redor e tudo está em paz.
-Ou quando você vai até o quarto dos seus filhos vê-los dormir. E tudo está bem. Sabem?!
O que fica  como reflexão para mim e que gostaria de dividir com vocês é:
Todos estamos sujeitos a dor e a todo tipo de intercorrências durante a vida. E é
por isso mesmo que  necessitamos buscar nossa “salvação”  e dentro dessa perspectiva o conforto e a felicidade.
 Em países como a Finlândia com bons índices na qualidade de vida e educação,  a felicidade é algo importante na sociedade. A educação na Finlândia é bem sucedida porque ensina as crianças a ser felizes. Educação na Finlândia . Eles propiciam  que as crianças tenham condições de descobrir o que gostam de fazer e que   tenham tempo livre para simplesmente brincar.
Enfim, pensar sobre a felicidade, buscar a felicidade não é perda de tempo. Eu diria que é ganhar tempo. Afinal para que se vive? Garanto que não só para estudar, trabalhar, ganhar dinheiro e pagar conta. Isso tudo faz parte da vida mas  a vida é mais que isso.
Então, convido vocês a buscarem  esse estado de conforto  e de felicidade  e assim serviremos de  ser exemplo para   nossas crianças.
Recomendo a leitura:
* SCHOPENHAUER, Arthur. A arte de ser feliz. Coleção Obras de Schopenhauer.
2ª ed. pg. 7 São Paulo: Martins Fontes, 2005.

2 opiniões sobre “Sobre Conforto e Felicidade”

  1. Excelente texto, excelente reflexão ! Não estamos imunes a momentos tristes; todos passarão por perdas de pessoas queridas, doenças , dores e sofrimentos de varias forma. Porém, nada disso impede que busquemos a nossa felicidade. Vamos mesmo procurar ser feliz hoje pq nao sabemos o que nos espera amanhã .

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s